Ciúmes de irmão


O Mateus tem se comportado de maneira surpreendente em relação a vinda da irmãzinha.. Ele desde o incio pediu por uma irmã, sempre me paparicou em relação ao assunto desde antes de eu engravidar, agrada e conversa com a barriga e inclusive já separou alguns brinquedos pra ela. O fato é que, mesmo parecendo o contrário, ele está sentindo ciumes SIM. De uma forma bem saudável e leve, mas à sua maneira, ele tem demonstrado uma necessidade maior de atrair a nossa atenção e vez ou outra faz algo meio fora da idade dele, so pra mudar o foco do momento. Ultimamente ele tem se queixado de dores que sabemos que não procedem, às vezes pede pra o ajudarmos a comer porque ele nao está conseguindo manejar talheres, pede companhia pra ir ao banheiro, entre outros comportamentos que ele já tinha deixado pra tras. Quando vem visita em casa e eu levo a pessoa pra ver o quartinho, logo surge ele mostrando algum brinquedo e convidando a pessoa pra conhecer o quarto dele também, aí lógico, a gente faz aquela ênfase no quarto dele e ele fica radiante.
Eu não acredito que eu venha a ter problemas reais com ele por conta disso, até porque estamos "tentando pelo menos" trabalhar este momento na cabecinha dele da maneira mais natural possível .. maaaaas, nada custa dar uma atenção ainda mais especial ao assunto e colher os louros na prática depois, né ?

Atitudes positivas que já tomamos:
  • O quartinho dele foi todo repaginado à medida em que eu ia montando o da Cecília
  • Ele nos acompanha em todas as ecos 
  • Ele nos ajudou a escolher mobilias e acessórios pro quartinho
  • Sempre que ela mexe eu o chamo para tocar na barriga (e ele geralmente fica empolgado)
  • No natal, "ela mandou" um presentinho pra ele
  • Quando estamos em shoppings ou lojas de crianças, eu sempre mostro algum brinquedo ou roupinha de menina e digo à ele que é por aquele tipo de coisas que ela vai se interessar (e de um modo geral ele presta atenção) mas que se ele incentiva-la, ela também poderá brincar com ele, com seus carrinhos e brinquedos unissex
  • Sempre peço pra ele cantar comigo canções de ninar e sobre bebês em geral para que ela escute a voz dele, assim quando ela nascer ela saberá que ele é aquele menino que cantava pra ela...
Recebi algumas indicações de livros, deixo também aqui a recomendação para quem estiver vivenciando a mesma fase:

Depois do nascimento eu conto o percentual de eficacia das minhas táticas e das leituras rsrsrs...

Enfim, ainda devem existir inúmeras outras formas de fazer esta inserção de uma maneira saudável, e se você souber de mais alguma compartilhe aqui comigo, vou adorar saber.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe-me saber o que você achou deste post. Comente !

Posts Recentes

Últimos Comentários

Não perco por Nada!

CAIXINHA DA MAMÃE - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2013
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL